Testemunhos da segunda pior crise do passado no Leixões em 1976

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Testemunhos da segunda pior crise do passado no Leixões em 1976

Mensagem por Sandro em Dom 7 Mar 2010 - 10:08

Raul Oliveira - "Levámos uma galinha para haver golos"

Raul Oliveira substituiu o treinador Janos Hrotko, despedido durante
a série negra de resultados do Leixões. "Não
há razões lógicas que expliquem a falta de golos
nessa época. Revoltámo-nos, tentámos dar a volta,
mas não havia nada objectivamente que apontasse onde estava a
origem do problema. Inclusive, recorremos à
superstição levando uma galinha no autocarro para ver se
o golo aparecia."



Nicolau Vaqueiro - "Foi uma época sufocante"

A polivalência de Nicolau Vaqueiro como jogador foi essencial
em vários momentos do Leixões. "Lembro-me que foi uma
época muito difícil e sufocante. Sofremos imenso
até à última jornada; mas não tenho
presente as razões para tanto tempo sem golos. Recordo-me
nitidamente que conseguimos a permanência no jogo no Mar ante a
CUF, que vencemos e fiz um passe espectacular para o terceiro golo."



Albertino - "Talvez tenha sido por causa da greve"

Apesar de o Leixões ter atravessado um período
estéril, Albertino destacou-se nessa época, ao marcar
golos decisivos. "Foi um ano muito mau; talvez tenha sido nessa
época que fizemos greve a reclamar os cerca de quatro meses de
ordenados em atraso. Estivemos algum tempo sem treinar, provavelmente
terá sido essa razão. No entanto, acabou bem com dois
golos meus."


Fernando - "Era uma luta enorme pela sobrevivência"

Já não tem bem a certeza, mas os registos atestam que
foi Fernando quem terminou o ciclo de jogos sem golos, precisamente no
fecho do campeonato. "Falhávamos muitos golos e isso tinha
custos. Era sempre uma luta pela sobrevivência, uma
aflição constante para conseguir pontos. Assim que
começava a época, começávamos a amealhar
com receio de descer de divisão. O Leixões está
fadado a sofrer."
avatar
Sandro
Capitão
Capitão

Número de Mensagens : 2721
Idade : 40
Localização : Leça do Balio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Testemunhos da segunda pior crise do passado no Leixões em 1976

Mensagem por Sandro em Dom 7 Mar 2010 - 10:11

Zé Manel terminou
com a terceira crise



CRISTINA AGUIAR/EC

Coube a Zé Manel pôr um ponto final à série
mais estéril do ataque do Leixões, esta época.
Marcou o golo que andava distante das balizas, há quatro
jornadas, terminando também com um longo período sem
facturar. A última vez que Zé Manel (35 anos) fez gosto
ao pé foi precisamente frente ao Leiria, no Mar, a 4 de Outubro
do ano passado, contribuindo para a segunda e última
vitória em casa. Com o tento no Lis, recuperou o estatuto de
suplente mais produtivo, igualou o número de golos obtidos na
temporada transacta (três) e atingiu o 50º golo da carreira
na I Liga.
Ao todo, passaram 516 minutos de muita espera para colocar a bola
dentro da baliza.

Apesar de tudo, consegue suplantar as duas piores séries sem
golos marcados registadas no passado: a primeira, já
longínqua, em 1936/37 e a segunda em 1975/76, época que
assinala o último triunfo do Leixões sobre o Benfica, na
condição de anfitrião. Em ambas as
circunstâncias, passou por momentos de grande
aflição. Não escapou à descida há 73
anos; salvando-se na derradeira jornada de 1976, frente à CUF,
num jogo em que Albertino atingiu o pico de eficácia, ao apontar
dois golos. Nessa altura, no comando técnico estava Raul
Oliveira, chamado por quatro vezes, ao longo dos anos de serviço
no Mar, para exercer as funções de treinador-jogador.
Não queria esperar mais
Zé Manel "não queria ficar mais tempo sem marcar" para
ajudar a animar a equipa que anda "triste e com falta de
confiança", devido "à série de jogos sem ganhar".

A vontade do extremo é acelerada pela necessidade urgente de
pontos e na certeza de que o plantel "tem feito bons treinos e bons
jogos". "O problema é que as coisas não têm
acontecido à nossa maneira". "Marquei, foi importante", lembrou.


Períodos sem marcar na I Divisão
Série actual 516 minutos
01.02.2010 Leixões 1 Marítimo 2 | Hugo Morais (4')
07.02.2010 Rio Ave 2 Leixões 0
13.02.2010 Leixões 0 FC Porto 0 20.02.2010 Guimarães 2
Leixões 0 27.02.2010 Leixões 0 Benfica 4
05.03.2010 Leiria 2 Leixões 1 | Zé Manel (70')
Pior série 686 minutos
21.02.1937 Leixões 4 Carcavelinhos 1 | Mário (g.p., 80')
28.03.1937 FC Porto 5 Leixões 0
07.03.1937 Sporting 4 Leixões 0
14.03.1937 Belenenses 9 Leixões 0
21.03.1937 Leixões 0 Académica 3
04.04.1937 Leixões 0 Benfica 6
11.04.1937 Setúbal 4 Leixões 0
18.04.1937 Carcavelinhos 4 Leixões 0
25.04.1937 Leixões 1 FC Porto 6 | Amorim (46') Segunda pior
série 577 minutos
07.03.1976 Setúbal 4 Leixões 1 | Murraças (73')
14.03.1976 Leixões 0 FC Porto 3
21.03.1976 U. Tomar 0 Leixões 0
04.04.1976 Leixões 0 Académico 1
11.04.1976 Belenenses 4 Leixões 0
09.05.1976 Leixões 0 Farense 1
23.05.1976 Braga 5 Leixões 0
30.05.1976 Leixões 3 CUF 2 | Fernando (20').
IN: OJOGO
avatar
Sandro
Capitão
Capitão

Número de Mensagens : 2721
Idade : 40
Localização : Leça do Balio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Testemunhos da segunda pior crise do passado no Leixões em 1976

Mensagem por Urko em Dom 7 Mar 2010 - 12:36

Bom exemplo para todos nós, estamos mal mas depende de nós a salvação, se todos fizeram a sua parte tudo é possivel, eu vou fazer a minha vou estar presente no apoio e vou levar um acompanhante para ajudar, com todos a remar no mesmo sentido vamos conseguir!

Força LSC!
avatar
Urko
Catedrático
Catedrático

Número de Mensagens : 5147

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Testemunhos da segunda pior crise do passado no Leixões em 1976

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum