Adepto do Leixões condenado com prisão efectiva por agressão a polícia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Adepto do Leixões condenado com prisão efectiva por agressão a polícia

Mensagem por Karyaka em Dom 13 Abr 2014 - 15:43


Um adepto do Leixões foi condenado a 1 ano e meio de prisão efectiva por ter agredido um agente da PSP, estando obrigado a pagar ao Estado 471 euros, com juros, por estragos causados na farda do polícia. Os factos registaram-se em Fevereiro de 2013, no Estádio 1.º de Maio, no jogo de futebol com o Sporting de Braga B.

Cláudio F., desempregado, de 27 anos, preso preventivamente desde Janeiro deste ano, e o seu irmão Antero fizeram parte da claque de adeptos do Leixões Sport Clube, designada ‘Máfia Vermelha’ que, no dia 16 de Fevereiro de 2013, marcou presença no Estádio 1.º de Maio, nesta cidade, no jogo com o Sporting de Braga B, a contar para a 28.ª jornada da 2.ª Liga de Futebol.

A dado momento, entre as 15.30 e as 16 horas, Cláudio envolveu-se numa cena de pancadaria com alguns adeptos bracarenses, obrigando a equipa de intervenção rápida da PSP a intervir. Os agentes escoltaram então os membros da claque leixonense para um corredor formado por diversas barreiras de vedação para serem colocados num sector do campo do estádio.

Quando os agentes tiveram de usar a força física, entrou em acção o jovem Cláudio que, agarrando numa das grades de vedação, a lançou contra um dos agentes da autoridade, atingind o-o, aproveitando o gesto para o agredir com murros e pontapés em diversas partes do corpo, rasgando-lhe o blusão da farda.

O tratamento hospitalar do agente custou 167.60 euros. O Estado pagou-lhe 193.86 euros, bem os 88.07 euros das duas consultas médicas a que foi submetido.
Cláudio foi levado a julgamento, acusado da prática de um crime de participação em rixa na deslocação para ou de espectáculo desportivo, punível com pena de prisão até três anos ou com pena de multa. O Ministério Público requereu que o arguido, com passado criminal, ligações ao consumo e tráfico de droga, fosse também condenado a pagar 471,09 euros, com juros.

No julgamento, perante o juiz Emídio Rocha Peixoto, o arguido negou ter agredido o agente da PSP ofendido. O irmão dele disse o mesmo.
Com alteração na qualificação jurídica dos factos, face à matéria provada, o juiz Emídio condenou, na passada sexta-feira, o arguido Cláudio na pena de 1 ano e 6 meses prisão pela prática de um crime de ofensa à integridade física qualificada e a ter de pagar ao Estado 471,09 euros de indemnização, com juros.

Ao irmão do arguido vai ser instaurado um processo de inquérito que poderá levá-lo a julgamento por crime de falsidade de testemunho.

fonte: http://www.correiodominho.com/noticias.php?id=77485

_________________
Dos três grandes eu sou do LEIXÕES SPORT CLUB!
avatar
Karyaka
Capitão
Capitão

Número de Mensagens : 3101
Idade : 30
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum