V.setubal - SAD deve IRS de um ano

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

V.setubal - SAD deve IRS de um ano

Mensagem por Pedro A em Ter 6 Jul 2010 - 14:51

SAD deve IRS de um ano
NÃO ENTREGOU IMPOSTO DOS SALÁRIOS DOS FUNCIONÁRIOS



A SAD de futebol do Vitória de Setúbal não entregou o IRS dos salários dos funcionários entre dezembro de 2008 e dezembro de 2009,acumulando mais de meio milhão de euros de dívida.

De acordo com um documento das finanças a que a Lusa teve acesso, os sadinos devem - desde que Fernando Oliveira assumiu os destinos do clube - 601.236,63 euros de IRS, num total acumulado entre a dívida e as coimas aplicadas. A parcela de dívida situa-se pouco acima do meio milhão de euros (522.619,16 euros), aos quais se juntam 78.617,47 euros de multa aplicada pelas finanças pelo incumprimento.

A situação foi confirmada à Lusa pelo presidente da SAD do Vitória de Setúbal, Vítor Hugo, com o dirigente a dizer que este é "mais um dos processos que está em tratamento e equação com a administração fiscal". "Há meios próprios, apresentámo-nos a pagamento, o qual pode ter várias fórmulas, prestacional ou imediato, e quer seja de uma ou de outra forma, a lei diz que a situação contributiva é considerada regularizada", defendeu o dirigente sadino.

Vítor Hugo justificou ainda que todo o mecanismo junto da administração fiscal é moroso, exigindo uma análise criteriosa, em processos que são dinâmicos. Em relação a um processo-crime de abuso de confiança fiscal, instaurado pelas autoridades fiscais ao abrigo do artigo 105 do rgit (regime geral das infrações tributárias) ao clube, o dirigente disse desconhecer, mas que é um procedimento normal. "Não... pensamos que não. Mas é um mecanismo legal imediato, sendo certo depois, desde que se demonstre o pagamento ou a regularização imediata ou num plano prestacional, que essa qualificação de abuso de confiança desaparece", referiu.

Vítor Hugo recusou ainda a ideia de a candidatura do clube às competições profissionais de futebol poder estar em risco, defendendo que está em curso um processo negocial da dívida com as autoridades fiscais. "Nós estamos a pedir à administração fiscal o cumprimento, mas não são coisas que se resolvam de um dia para o outro, em processos dinâmicos e extensos", disse, reiterando que o clube está na fase negocial e que "não está a pedir qualquer regime de exceção ou perdão fiscal".

Em relação à segurança social é desconhecida a situação, mais concretamente se a SAD do clube sadino mantém ou não também um processo de dívida.



in www.record.pt
avatar
Pedro A
Titular
Titular

Número de Mensagens : 1635
Idade : 35
Localização : Matosinhos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum